Jejum intermitente emagrece -Quantos quilos por semana? Em quanto tempo?

jejum para perder peso

Jejum intermitente emagrece? Respondendo de forma rápida, sim! Agora, para uma explicação completa, dê uma olhada neste conteúdo que preparamos especialmente para mostrar o porquê o jejum intermitente (JI) é ótimo para perder peso e queimar gordura.

mostrando que o jejum intermitente emagrece

Essa prática não surgiu com a finalidade de emagrecer ou desinchar. O jejum é tão antigo quanto o homem, e começou a ser registrado na história em várias religiões. Era uma forma de purificar o corpo dos pecados e se redimir.

Hoje, com o avanço da ciência e o acesso facilitado à tecnologia, o JI se espalhou por todo o mundo, visto principalmente como uma forma rápida de perder peso. Mas ele vai muito além disso, e se feito com acompanhamento profissional, pode trazer muitos benefícios para a saúde.

jejum intermitente guia definitivo

Jejum intermitente emagrece sim

O princípio que explica à pratica do jejum intermitente emagrecer é bem simples: se você não se alimentar o dia inteiro o seu organismo vai estocar menos gordura. E além disso, quando ele precisar de energia, vai recorrer à essas fontes para queimar. É simples!

Explicando biologicamente esse processo, tudo está relacionado, principalmente, com a insulina. Como muitos sabem, a insulina é o hormônio que estoca energia no nosso corpo, para que o mesmo utilize depois.

Quando estamos em jejum, o nível desse hormônio fica muito baixo, mas, quando almoçamos por exemplo, o nosso pâncreas começa a secretar ele na corrente sanguínea. Feito isso, a insulina começa a facilitar a entrada de glicose para dentro das células, para utilizar como energia. Mas, também, faz o armazenamento de parte excedente, ocasionando o ganho de peso.

O objetivo do jejum intermitente, de fato, é fazer o corpo produzir o mínimo possível de insulina durante o dia, para evitar o armazenamento desnecessário de gordura. Além de, nos períodos que estamos sem comer, forçar o organismo tirar energia dos estoques já presentes. É por esse motivo que o jejum intermitente emagrece.

guia de jejum intermitente

Quantos quilos por semana?

A perda de peso vai variar bastante de pessoa para pessoa. Não tem como estimar corretamente quantos quilos por semana alguém vai perder praticando o jejum intermitente. Contudo, existem algumas dicas que podem sim potencializar ainda mais a queima de gordura.

Primeiro de tudo que apenas ficar sem comer por si só não vai te trazer resultados nenhum, e você só vai sentir fome. É preciso também fazer uma ingestão consciente dos alimentos. Não adianta passar 12 horas sem comer se depois disso você acabar mastigando tudo que vê pela frente.

A qualidade e quantidade dos alimentos que comemos é tão importante quando o tempo que ficamos em jejum. Algumas dietas podem ser combinadas com o JI, aumentando ainda mais os benefícios para emagrecimento, mas falo disso depois.

Veja em quanto tempo começam os resultados

É indicado no mínimo que se faça 12 horas de jejum por dia, para que se consiga obter alguns resultados ao longo das primeiras semanadas. Contudo, o que vemos hoje, e principalmente sendo postado nas redes sociais, são pessoas aderindo ao protocolo de 16/8.

Traduzindo, significa que se passam 16 horas em jejum, óbvio, contando o tempo do sono, e fazendo as refeições nas outras 8 horas restantes, geralmente são 2 ou 3. Ultimamente esse tem se mostrado o protocolo mais eficiente.

jejum e-book pdf

Perde peso rápido mesmo?

Sim, o jejum intermitente emagrece rápido. Ele é um ótimo instrumento para manutenção do peso, saúde e melhora na qualidade de vida. Mas o que é ideal, só o JI já funciona para perder peso?

Geralmente as pessoas associam à prática de atividade física, com uma boa alimentação dentro do jejum intermitente. Esse sim é o combo perfeito para perder peso de forma rápida, e não só isso, vai estar fazendo um favor para a sua saúde também.

Existe um estudo publicado em 2014, explicando que o JI pode sim proporcionar perdas significativas. O estudo aponta que dentre 3 a24 semanas as pessoas submetidas a esse regime conseguiram reduzir até 8% do peso corporal. É um número bem expressivo.

Low Carb e JI são infalíveis

O combo mais famoso atualmente é o Jejum Intermitente somado com a Low Carb. Isso acontece porque a Low Carb preconiza o consumo de alimentos com baixo índice glicêmico. É o caso da insulina que expliquei mais cedo.

Existem um grupo de alimentos que elevam muito rapidamente os níveis desse hormônio no organismo. São os carboidratos de alto índice glicêmico. Os mais comuns são:

  • Arroz, macarrão;
  • Pães, pizza, massas em geral;
  • Sorvetes e doces;
  • Refrigerantes ou bebidas com muito açúcar.

Na dieta Low Carb, esses alimentos apenas são consumidos na sua versão integral, pois nesse caso, a cadeia de carboidratos que os compõe é de uma absorção mais lenta. Assim, não elevam tanto os níveis de insulina, e também mantêm a saciedade por mais tempo.

e-book do jejum intermitente

Recomendados para você:

Iniciando a Low Carb ou o Jejum Intermitente? Confira esses artigos: