Pressão baixa: Conheça as causas, os sintomas e como tratá-los

A pressão baixa ou hipotensão ocorre quando a pressão atinge iguais ou menores que 9 por 6 (90 mm Hg x 60 mmHg). Em adultos saudáveis, a hipotensão não representa problemas e as pessoas costumam não apresentar sintomas.

A  pressão arterial é uma medida da intensidade do fluxo do sangue que passa pelas artérias. Os valores de referências são medidos em mmHg (milímetros de mercúrio) e é composta por duas medidas: diastólica e sistólica. A pressão diastólica (inferior) representa o fluxo sanguíneo entre os batimentos cardíacos, quando o coração está relaxado e enchendo-se de sangue. A pressão sistólica (superior) representa a maior intensidade do fluxo do sangue no momento em que o coração está bombeando sangue.

Causas

Existem diversas causas que podem ocasionar a queda da pressão arterial:

  • Desidratação.
  • Gravidez.
  • Perda grave de sangue.
  • Infecções graves.
  • Anemia causada por falta de ácido fólico ou falta de vitamina B2.
  • Problemas endócrinos (insuficiência adrenal (doença da Addison), distúrbios na tireoide, baixos níveis de açúcar no sangue (hipoglicemia) e eventualmente, diabetes).
  • Reações alérgicas graves.
  • Problemas no coração (problemas nas válvulas cardíacas, bradicardia, insuficiência cardíaca, ataque cardíaco)
  • Ficar em pé por muito tempo.
  • Levantar-se após passar bastante tempo sentado ou deitado.
  • Algumas medicações:
  • Alguns antidepressivos (antidepressivos tricíclicos), como protriptilina, doxepin, trimipramina e imipramina.
  • Betabloqueadores como propranolol, timolol e atenolol.
  • Diuréticos, como hidroclorotiazida e furosemida.
  • Drogas para tratar Parkinson, como pramipexol.
  • Tadalafil ou sildenafil, especialmente em combinação com a nitroglicerina (remédio para o coração).
  • Bloqueadores alfa, como labetalol e prazosina.

agorafobia-mulher-ansiedade-panico

Sintomas

A maioria das pessoas não apresenta qualquer sintoma. No entanto, alguns indivíduos podem apresentar alguns sintomas:

  • Tonturas
  • Náuseas e vômitos
  • Dores de cabeça
  • Fraqueza
  • Cansaço
  • Batimentos cardíacos rápidos ou irregulares
  • Visão embaçada
  • Respiração ofegante
  • Pele pegajosa e fria
  • Desmaios
  • Vertigens

Na maioria dos casos, a pressão baixa não é grave, inclusive tonturas e vertigens podem significar um problema pequeno, como uma leve desidratação. Mas lembre-se: é importante consultar um médico em casos do aparecimento de sintomas, pois as vezes, pode indicar problemas mais graves!

O que fazer?

Em casos de crises de pressão baixa, existem algumas medidas que podem ser feitas para melhorar os sintomas:

  • Afrouxar as roupas, principalmente na volta do pescoço.
  • Levantar as pernas, acima do nível do coração.
  • Deitar a pessoa, preferencialmente em um lugar fresco e arejado.

Para evitar crises de baixa

É preciso seguir algumas recomendações para evitar-se crises de hipotensão:

  • Beber de 1 a 2 litros de água diariamente (ou a quantidade que o médico recomendar).
  • Realizar refeições volumosas a cada 2 ou 3 horas.
  • Praticar atividade física regularmente, para fortalecer as pernas e os braços, pois o sangue chega de forma mais eficaz no cérebro e no coração.
  • Não sair de casa sem tomar o café da manhã.
  • Evitar locais muito muito fechados e quentes. É aconselhado utilizar roupas leves e que sejam fáceis de tirar.
  • Evitar praticar exercícios físicos de estômago vazio. É necessário ingerir pelo menos um suco antes de iniciar a atividade física.
  • Tomar os remédios para pressão alta de forma correta, seguindo as recomendações do médico e nunca tomar em doses superiores as recomendadas.

Por último, confira abaixo algumas dúvidas comuns relacionada a hipotensão:

Hipotensão causa dor de cabeça?

Sim, a dor de cabeça é um dos sintomas mais comuns de pressão baixa.

E desmaios?

É possível algumas pessoas apresentarem tonturas e desmaios com a queda de pressão. A hipotensão não costuma ser grave, mas em casos de desmaios, a pessoa pode se machucar e fraturar alguma parte do corpo com a queda. Por isso, é importante consultar um médico.

E causa dor na nuca?

Não. Dor na nuca é um dos principais sintomas de pressão alta (hipertensão). O estresse é uma das principais causas de dor na nuca, pois o aumento elevado da pressão arterial provoca o estresse, o que acaba causando a dor na nuca e outros sintomas de pressão alta, como visão embaçada.

Causa infarto?

Não. O que pode acontecer é quando a pressão arterial da pessoa cair muito, ela pode sentir palpitações. Várias pessoas descrevem-nas como alarmantes e desagradáveis, porém as palpitações raramente significam uma doença cardíaca com risco a vida.

A hipertensão (pressão alta) que pode provocar um infarto, em virtude do aumento da pressão sanguínea dentro das artérias, o que faz com que o coração tenha que trabalhar mais, engrossando a parede das artérias, gerando uma dificuldade na passagem do sangue.

http://www.scielo.br/pdf/%0D/rbme/v12n6/a03v12n6.pdf

https://ri.ufs.br/handle/riufs/855

Leave a Comment

You have to agree to the comment policy.