Low Carb (Paleo e Jejum Intermitente)

mulher com fita métrica na cintura
jejum para perder peso

A Low Carb é uma dieta que, além de promover a perda de peso de forma rápida e efetiva, pode trazer diversos outros benefícios quando realizada junto a outros métodos de emagrecimento, como a dieta Paleo e Jejum Intermitente. Contudo, existem diversas dúvidas em relação ao assunto e, por isso, resolvemos explicar um pouco mais sobre cada dieta.

Low Carb O que é?

alimentos low carb

A dieta Low Carb é uma estratégia alimentar que consiste no baixo consumo ou restrição total de alimentos que possuem carboidratos de alto índice glicêmico, tornando proteínas e gorduras boas as principais fontes de alimentação.

Como a Low Carb emagrece?

Quando comemos um alimento de alto índice glicêmico, nosso organismo sofre com altos picos de insulina, o hormônio responsável pelo transporte da energia dos alimentos para as células do corpo. O excesso de glicose que não é utilizado pelas células acaba se transformando em estoques de gordura, fazendo com que haja um ganho de peso.

Para emagrecer, o organismo precisa liberar um hormônio chamado glucagon, que irá queimar a gordura estocada em forma de energia. No entanto, quando consumimos os alimentos de alto índice glicêmico, esse hormônio quase nunca é liberado. Portanto, se a dieta for rica em alimentos com baixo índice glicêmico, não ocorreram picos de insulina e o glucagon poderá ser liberado.

A dieta Low Carb, por ter como principal característica o baixo consumo de carboidratos e maior aproveitamento de proteínas, fibras e gorduras boas, acaba se tornando uma ótima opção para que o processo citado anteriormente ocorra e resulte na perda de peso efetiva de forma saudável.

Benefícios

O emagrecimento pode ser o principal fator de busca para a realização da Low Carb, mas, para a surpresa de muitas pessoas, ele não é o único benefício da dieta.

Essa estratégia alimentar acaba sendo bastante questionada quando se trata sobre perder peso de forma saudável, polemizando que a restrição de alimentos poderia fazer mal para o organismo. No entanto, é preciso ressaltar que haverá uma substituição desses alimentos, fazendo com que a pessoa tenha uma dieta mais natural e saudável, com novas fontes de energia que não irão causar um ganho de peso. Dessa forma, a dieta Low Carb também pode contribuir para:

  • Controlar a insulina no organismo;
  • Maior saciedade proporcionada por alimentos ricos em fibras;
  • Evitar o desenvolvimento de diabetes tipo 2;
  • Reduzir a pressão sanguínea;
  • Diminuir os triglicerídios no sangue.

Low Carb e Paleo

alimentos paleo

A dieta Paleolítica tem como característica principal a exclusão de alimentos industrializados e embutidos, tendo como foco uma alimentação o mais natural possível. Seu cardápio consiste no consumo de verduras, legumes e proteínas, que devem ser frescos e longe de qualquer processo industrial que exista.

Quando usada como um método de emagrecimento, a Paleo pode ser bastante útil, uma vez que existe uma restrição de alimentos industrializados, que consequentemente resultam na redução do nível glicêmico. Contudo, é importante ressaltar que uma dieta Paleo pode não ser Low Carb e uma dieta Low Carb pode não ser Paleo, mas é possível realizar as duas de forma simultânea.

Enquanto a dieta Low Carb consiste em uma alimentação com uma redução de carboidratos, a dieta Paleo exige que a pessoa consuma apenas alimentos naturais que não sejam industrializados. Portanto, quando feita junto à Paleo, é preciso evitar produtos que são Low Carb, mas não são naturais.

Dessa forma é possível unir os dois métodos para ter uma dieta mais saudável, pois a restrição de produtos processados pode contribuir tanto para a perda de peso quanto para prevenção de diversas doenças.

Low Carb e Jejum Intermitente

relógio marcando os horários de jejum intermitente

O Jejum Intermitente é um método bastante antigo caracterizado por períodos de tempo sem comer. Após o intervalo de jejum, que pode durar 12, 16 ou 24 horas, se inicia a janela de alimentação, na qual a pessoa pode consumir os alimentos que irão suprir as necessidades do seu corpo durante o dia.

Quando o objetivo é perder peso, o Jejum Intermitente pode se tornar um grande aliado, pois os períodos sem comer fazem com que o organismo busque energia nos estoques de gordura presentes no corpo, resultando no emagrecimento. No entanto, é preciso ressaltar que esse método não se trata de uma dieta e, por isso, quando feito de forma isolada, não controla o que a pessoa irá comer nas janelas de alimentação. Além disso, é importante lembrar que realizar o jejum não significa passar fome, portanto, é necessário que se tenha uma alimentação adequada para que a perda de peso seja efetiva e saudável.

Como visto anteriormente, a dieta Low Carb é caracterizada pelo baixo consumo ou restrição total de alimentos que possuem um alto índice de carboidrato, resultando num efeito parecido com o do Jejum Intermitente no organismo, pois o mesmo busca nos estoques de gordura do corpo uma fonte de energia. Dessa forma, é correto afirmar que a união desses dois métodos pode potencializar os resultados na perda de peso, uma vez que, com a Low Carb, a pessoa irá ter um cardápio a ser seguido durante as janelas de alimentação, não aumentando os níveis de insulina no corpo e atuando no emagrecimento de forma saudável.

 Fontes:

http://www.unifia.edu.br/revista_eletronica/revistas/saude_foco/artigos/ano2017/080_beneficios.pdf

https://www.vponline.com.br/portal/noticia/pdf/72eb2bb6a604d60f27f582a6f57a5753.pdf

Recomendados para você:

Iniciando a Low Carb ou o Jejum Intermitente? Confira esses artigos: