Dieta Japonesa


As dietas são muito procuradas em todo o mundo e isso se deve ao fato de as pessoas quererem ficar em forma com saúde. Entre as dietas mais buscadas está a dieta japonesa.

dieta japonesa

Dieta japonesa – O que é?

A dieta japonesa é indicada para aquelas pessoas que querem emagrecer muito rápido. Essa dieta é restrita e promete reduzir de seis a oito quilos por semana. Como tudo que é japonês, a dieta é muito rigorosa e a pessoa não poderá sair da linha se quiser perder peso realmente.

É importante dizer que as dietas que restringem muitas coisas podem fazer perder peso, mas causam muito mal estar, por isso, a dica é segui-las por no máximo uma semana e depois seguir para uma dieta saudável.

Como funciona a dieta japonesa

A dieta japonesa é daquele tipo que não é permitido substituir alimentos por outros, porque, ela deve ser seguida à risca. Ela é baseada em fundamentos e a pessoa deverá ingerir muito poucas calorias.

O cardápio da dieta japonesa não é composto por pratos típicos do Japão, as refeições são ricas em frutas, verduras e legumes que nutrem o corpo e podem ser consumidos sem muita preocupação.

A dieta japonesa permite que a pessoa faça apenas três refeições diárias e em poucas quantidades. Ela proíbe os carboidratos e as proteínas de origem animal.



Exclusivo: Esposa Emagrece 32 kilos e Surpreende Marido que Estava Há 2 Anos no Haiti → >CLIQUE AQUI<




Como fazer a dieta japonesa

Bebidas que aceleram o metabolismo – Na dieta japonesa o consumo de cafés e chás está liberado. Essas bebidas aceleram a redução de medidas e eliminam as toxinas do corpo. Tanto os chás quanto os cafés fazem com que o metabolismo funcione melhor, e como ele fica sempre ativo, o corpo perderá peso rapidamente.

Beba água – Outro líquido muito indicado na dieta japonesa é a água. Procure beber muita água para desintoxicar o corpo e controlar a fome. Beba em torno de três litros de água por dia.

Não pule refeições – Na dieta japonesa se torna quase que impossível pular as refeições, porque são apenas três. É fundamental ter esse cuidado, já que o corpo estará deficiente pela falta de uma alimentação normal, então é impossível pular as refeições.

Exercícios físicos – Toda dieta deve ser seguida juntamente com a prática de atividades físicas. Todos devem saber que não existe perda de peso saudável sem exercícios físicos. Procure praticar pelo menos caminhada, nem que seja por meia hora, três vezes por semana. Não precisa ser algo pesado, de começo isso já está de bom tamanho.

Cardápio da dieta japonesa

  • Café da manhã – Chá ou café com adoçante e um biscoito água e sal
  • Almoço – Dois ovos cozidos com sal e verduras
  • Jantar – Salada de alface e pepino e um bife grande

Alimentos permitidos na dieta japonesa

Alguns alimentos permitidos na dieta japonesa são: chás, cafés, biscoito água e sal, frango assado, ovos cozidos, frutas, saladas, bifes, peixe, tomate, presunto e outros.

Cuidado com as reações do corpo

Como podemos ver, a dieta japonesa é extremamente restritiva. Com a redução dos alimentos o corpo pode ter algumas reações desagradáveis, principalmente, pela falta de carboidratos.

A pessoa pode ficar enjoada, desmaiar, ficar tonta, mal humorada e muito mais. Inclusive, se a dieta for levada por muito tempo, poderá causar graves problemas de saúde, por isso, a dica é investir nela por no máximo 7 dias.

Exclusivo: Esposa Emagrece 32 kilos e Surpreende Marido que Estava Há 2 Anos no Haiti → >CLIQUE AQUI<